Para que serve fazer teste de ancestralidade?

O teste de ancestralidade está em alta nos últimos tempos! Inclusive, esse método já está sendo utilizado por grandes corporações. 

 

Mas assim como em qualquer outro teste, é importante conhecê-lo bem antes de investir o seu dinheiro. 

O que é teste de ancestralidade?

Diferente do teste do coronavírus, o teste de ancestralidade, como o próprio nome sugere, serve para indicar quem foram os ancestrais de uma pessoa. 

 

Esse procedimento está em alta nos últimos tempos, além de ser um método utilizado pelas grandes corporações. 

 

A ideia desse método é bastante curiosa. Basicamente, o indivíduo que pretende fazer um teste de ancestralidade entra em contato com uma corporação que oferece o procedimento, envia a coleta de saliva para o laboratório e, pouco tempo depois, recebe um mapa detalhado. 

 

Nesse mapa, o indivíduo encontra informações sobre seus países de origem e quem foram seus ancestrais. Atualmente, o teste de ancestralidade se tornou uma febre nos Estados Unidos! 

 

O procedimento também vem ganhando espaço no Brasil, em especial pelo preço encontrado. Isso porque, quando o método surgiu, as análises de DNA costumam custar caro. 

 

Caso uma pessoa solicitasse um mapeamento genético nos anos 80, deveria desembolsar 10.000 dólares.

 

Portanto, naquela época, para realizar um mapeamento genético, os indivíduos deveriam desembolsar uma grande quantidade de dinheiro. Isso sem contar que o resultado dessa análise levava meses para ser concluído.

 

Felizmente, com a conclusão do sequenciamento do genoma durante 2003, novas tecnologias foram desenvolvidas e o preço caiu. Agora, o cenário é bastante diferente, principalmente para quem deseja realizar um teste de sua ancestralidade. 

Como funciona o sequenciamento do genoma humano?

De maneira geral, todos os organismos vivos possuem genoma. Inclusive, são eles que possuem as informações genéticas hereditárias sobre os seres vivos. Basicamente, compreender o genoma envolve estudar todos os dados pertencentes ao ser vivo. 

 

Em uma linguagem mais técnica, todo esse procedimento é conhecido como “sequenciamento de genoma”. Quando se quer descobrir a paternidade de alguém, é esse método que será utilizado. 

 

Em outros seres vivos, o método funciona da mesma maneira. Além disso, com o auxílio dessa técnica, também é possível conhecer com detalhes informações sobre um vírus ou bactérias, a fim de desenvolver formas de combatê-la. 

 

Basicamente, o sequenciamento do genoma humano também estará presente no teste de ancestralidade. O primeiro passo para esse método é preparar a amostra que será utilizada. Para fazer isso, é necessário submeter os fragmentos do DNA ou RNA.

 

Assim que a amostra estiver pronta, ela será inserida em um sequenciador. Dentro desse dispositivo, existem proteínas com nano diâmetros, os quais serão submetidos a passar por uma corrente elétrica. 

 

Dentro desse sequenciador é que a análise será concluída e encaminhada para o indivíduo. 

Como funciona o teste de ancestralidade?

Atualmente, é muito fácil realizar um teste de ancestralidade, basta entrar em contato com uma corporação de confiança. A coleta do material analisado será simples, basicamente basta fazer um furo no dedo ou passar um swab na parte interna de sua bochecha.

 

Todas as células que foram extraídas durante a coleta são seu DNA, o qual será sequenciado e analisado. Em um primeiro momento, o teste será para conhecer quais são os polimorfismos, os quais serão comparados ao mesmo elemento de populações distintas.

 

Ao fazer essa comparação, será possível rastrear qual é a ancestralidade do indivíduo que solicitou o teste. Basicamente, trata-se de uma viagem ao passado que será guiada por seu DNA!

 

O resultado desse teste é representado por porcentagens, o qual indica cada etnia que o indivíduo é ancestral, por exemplo: 75% da África, 17% da Europa e assim por diante. Por essa razão, é importante entrar em contato com laboratórios de confiança, conseguindo resultados precisos. 

Quais são os tipos de testes de ancestralidade?

Grande parte dos laboratórios experientes utilizam mais de dois exames para definir a ancestralidade de um indivíduo. Basicamente, eles se baseiam nos seguintes dados: DNA Mitocondrial e Cromossomo Y. 

 

  • DNA Mitocondrial: O teste DNA Mitocondrial pode ser realizado em todos os indivíduos, pois são considerados as mitocôndrias, que são herdadas exclusivamente pelas mães. 

 

 

  • Cromossomo Y: Já o teste do Cromossomo Y pode indicar resultados herdados exclusivamente pela linhagem masculina direta. Nesse caso, o cromossomo Y, que será passado de pai para filho. 

 

 

Qual o valor do teste?

Caso tenha interesse em descobrir a sua ancestralidade, o teste de ancestralidade é um serviço que está em alta nos últimos anos! Inclusive, existem várias corporações que desenvolvem esse procedimento por um valor em conta, diferente do que acontecia antes.

 

Claro que, para obter resultados exatos, é importante entrar em contato com uma empresa especializada no setor. E, por essa eficácia, muitas vezes o valor é superior a outras opções do mercado. 

 

Os valores dos testes de ancestralidade podem variar de acordo com a análise que será feita, mas os preços são a partir de R $199. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *