erros que atrapalham a venda do seu carro

Fique atento a alguns detalhes decisivos na hora de anunciar seu veículo 

O processo de venda de um veículo corresponde a um encadeamento de prática e atitudes bem ordenadas e coadunadas com o objetivo de efetivar com sucesso a venda de um carro. Esse processo pode demandar paciência, tempo, experiência, dedicação e empenho diante das dificuldades de se convencer o cliente. Atualmente, vemos uma migração cada vez mais constante dos clientes das lojas físicas para os meios virtuais de venda e intermediação comerciária dadas as facilidades que estes instrumentos apresentam. Segurança, praticidade, conveniência, tranquilidade são pontos que favorecem as vendas online. Assim, podemos perceber o quanto a tecnologia contribui para a melhoria da comodidade das pessoas e para alavancar as vendas e alcance das estratégias de marketing. As expectativas do consumidor em relação à experiência de compra foram potencializadas e o processo de venda foi otimizado como um todo. 

Portanto, para que esse processo seja satisfatório, é essencial ter controle sobre cada etapa para assegurar que o cliente sinta-se mais confortável e seguro possível a fim de consolidar a experiência virtual. Isso demanda um encadeamento e estruturação da jornada do cliente, composição de uma equipe de vendas bem treinada com estratégias de vendas direcionadas desde a captação até o pós venda, instrumentos de divulgação bem configurados, dentre outros. Além disso, uma abordagem moderna e diferenciada não pode contar apenas comum passo a passo, mas precisa focar na personalização num atendimento cada vez mais individualizado, com condições de elencar e adaptar as etapas da venda segundo as necessidades e expectativas de cada público.  Assim, quem tem carros à venda, precisa conhecer os principais erros que podem dificultar o intermédio entre vendedor e comprador contribui para melhorar o processo de venda e despertar interesse em potenciais compradores.

Preço incorreto

Esse pode ser um dos piores equívocos na hora de anunciar um produto haja vista que a maioria dos clientes usam este como fator eliminatório para a escolha do veículo e pode ocorrer por desatenção, falha na hora de digitar, cálculo equivocado, falta de informação e desconhecimento do mercado. Além disso, o vendedor pode esquecer de atualizar o anúncio caso mude de opinião sobre o valor do carro, comprometendo a negociação. O ideal é que o preço esteja de acordo com a tabela Fipe correspondendo ao padrão praticado no mercado, segundo os valores médios de veículos no mercado nacional. Estes atuam como referência para as vendas, trocas e outras negociações. 

erros que atrapalham a venda do seu carro

Vale destacar que os preços são definidos segundo uma série de fatores e condições que incidem diretamente sobre a valorização do mesmo como cor, modelo, região da venda, marca, tempo de uso, inclusão de acessórios, quilometragem, versão e conceitos subjetivos não devem ser considerados. As chances de perder a venda aumentam a medida que você desconsidera essas questões fazendo com que seu anúncio perca credibilidade e relevância nos meios virtuais. Além dessa redução, elas podem ser banidas ou removidas das plataformas caso sejam enquadradas como propagandas enganosas. 

Fotos e imagens

Não deixe de investir na qualidade dos seus anúncios pois eles são o principal meio de captação dos seus clientes. São a porta de entrada para despertar o interesse atuando como importantes estratégias de abordagem. Assim, não economize nas fotos que precisam ser de alta qualidade, precisas, claras, e bem detalhadas a fim de atrair potenciais clientes. Cuide bem na hora de tirar as fotos e tente demonstrar as melhores qualidades do veículo com imagens de vários ângulos e todas as partes do veículo como carroceria, motor, parte interna, bagageiro, painel, bancos, dianteira, portas, dentre outros. 

Quanto menos dúvidas suas fotos deixarem sobre o real estado de conservação do veículo, maiores as possibilidades do consumidor agendar um test drive. São alguns cuidados importantes que você deve ter na hora tirar as imagens: lave seu automóvel, passe cera, utilize uma boa iluminação, de preferência, escola um bom cenário para registrar as fotos, evite bordas e textos promocionais, empregue o upload de imagens de alta qualidade indicadas para realçar os detalhes que possuam no mínimo 800×600 pixels.

Quilometragem 

Outra prática inadequada consiste em ocultar a quilometragem real do veículo na tentativa de esconder o uso do veículo. Isso pode afastar potenciais compradores, pois os clientes estão cada vez mais informados, conectados e atentos e encontram meios e profissionais especializados para analisar as reais condições do mesmo. Esconder a rodagem do veículo, principalmente os seminovos como um hb20 usado, por exemplo, pode ocultar vários problemas mecânicos e estruturais despertando a desconfiança dos usuários e prejudicando a abrangência do seu anúncio. Não tente enganar seu cliente pois práticas deste tipo podem configurar ilegalidade e propaganda enganosa. 

Qualidade 

As informações são essenciais para criar um interesse no cliente. E quanto mais dados, mais atrativo ele será ao consumidor. Afinal de contas, é necessário saber o tipo de produto que se está comprando. Disponibilize o maior número de dados possíveis sobre o veículo e não deixe de atualizá-las sempre que possível. Assim descreva todos os opcionais e acessórios que não vêm de fábrica, o estado de conservação, medidas do carro, ano de fabricação e de compra, modelo dos pneus, marca e modelo, número de portas, categoria, cor, tipo de combustível, quilometragem, dados sobre o motor, capacidade de carga, eventuais riscos e amassados, acidentes, possibilidade de trocas e permutas, parcelamentos (com quantidade e valores das parcelas), multas e estado da documentação.

 

Gostou do nosso artigo e quer receber mais informações? Então não perca tempo e acesse as nossas redes sociais. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *